quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Bolo de limão gelado





Verão super gostoso é oferecer à criançada um bolo de limão geladinho com sorvete.
Essa bolo eu fazia para meus filhos quando pequenos e estavam de férias assim como muitas mamães estão com seus filhos em férias, que delícia, bons tempos aqueles em que a casa ficava cheia de amiguinhos dos meus pequenos, bons tempos...
Lembranças à parte...aí vai a receitinha




Bolo de Limão gelado



Ingredientes::-


5 ovos
1 xícara e meia de chá de açúcar
1 xícara de chá de leite
1/2 xícara de suco de limão
3 xícará de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
Maragarina e farinha para untar
1 colher das de sopa de raspas de limão para decorar


Glacê::-

3 claras em neve
3 colheres das de sopa de açúcar
suco de um limão


Recheio::-

2 xícaras de doce-de-leite em pasta
ou (cozinhar uma lada de leite condensado na panela de pressão)


Modo de preparar::-

Na batedeira coloque todos os ingredientes da massa - menos o fermento em pó -bata em potência máxima. Agora sim junte o fermento e deite a massa em forma de 26cm untada e leve ao forno por +ou- 45min.

Depois de frio desenforme.

Bata as claras em neve, adcione o açúcar aos poucos e bata até obter um suspiro. Junte o suco de limão, bata e reserve.

Molhe o bolo com um pouquinho de rum ou suco de limão e açúcar, ou leite morno e açúcar (se preferir "OPCIONAL")

Recheie o bolo com o doce-de-leite e cubra com o glacê.

Decore com raspas de limão e leve à geladeira por 2 horas.

Siva com um deliciosao sorvete de frutas ou creme!




Curiosidades da vovó Rô:::



O poder de cura do limão

O limão é verdadeiramente uma jóia da natureza. Pode ser considerado o rei dos frutos curativos, sendo impressionante a quantidade e variedade das suas aplicações. No entanto, tendemos a repudiá-lo, quando pensamos no seu gosto azedo, e a minimizar as suas virtudes, tanto na manutenção e recuperação da saúde, quanto ao seu valor nutricional e possibilidades múltiplas de utilização culinária.
Esta atitude se instalou pela suposição de que ele é agressivo para o estômago, que pode acidificar o sangue, descalcificar e enfraquecer o organismo... Ora, nada mais falso e oposto à realidade. Vejamos:
Propriedades
Através de estudos prolongados, constatou-se que o uso do limão estimula a produção do carbonato de potássio no organismo, promovendo a neutralização de acidez do meio humoral. Efetivamente, apesar de no estado livre ter como princípio ativo o poderoso ácido cítrico, este, em contacto com o meio celular, no interior do nosso organismo, é transformado durante a digestão e comporta-se como um alcalinizante, ou seja, um neutralizante da acidez interna. Os seus diversos sais, por seu turno, convertem-se em carbonatos e bicarbonatos de cálcio, potássio, etc, os quais concorrem para acentuar positivamente a alcalinidade do sangue.
Um dos efeitos notáveis do limão é, por exemplo, o de combater o ácido úrico - temível inimigo (tantas vezes letal) de muitos cidadãos quando chegam a uma idade mais "res
peitável".
Tomado pela manhã, em jejum (10 a 20 minutos antes do desjejum), descongestiona e desintoxica o organismo e, se usado com regularidade, erradicará por completo todos os uratos.
Deste modo, é evidente a sua grande valia nas diversas patologias reumáticas e artríticas. Com efeito, a ingestão da dieta de limões (ver abaixo), aumenta na urina a excreção de ácido úrico, uréia e ácido fosfórico.
Seu uso Interno (como também externo) é muito útil na regeneração dos tecidos inflamados das mucosas, reconduzindo ao estado e funcionamento normal de todos os órgãos do aparelho digestivo. Nas afecções gastro intestinais, os ácidos do limão destroem os germes e as bactérias nocivas que se libertam e que contribuem para gerar as ulcerações. Ainda combate as fermentações e os gases.
É um amigo do pâncreas e, malgrado certas apreensões quanto a supostas incompatibilidades com o sistema bilioso, revela-se um expurgador e um tonificante do fígado e da vesícula.
Relativamente ao aparelho genito-urinário, bem como ao sistema cardiovascular, é igualmente um poderosíssimo eliminador de toxinas e um tônico privilegiado. Tem, assim, ação que impede e neutraliza a proliferação das tão temidas afecções arterioscleróticas.
Gargarejos do seu suco fresco são benéficos para todos os tipos de afecções do trato nasofaríngeo, bem como para laringites e gengivites. Inalado (puro ou diluído), é um bom desinfetante nas rinites e sinusites.

Leia muita mais aqui


Nenhum comentário: