segunda-feira, 21 de março de 2011

"Enxaqueca" e aí você sofre desse mal??? minha filhota sofre!





Filhota minha está com uma crise de enxaqueca desde sábado. Ela e meus outros dois filhos sofrem por demais com essa crises. Ficam dias sofrendo com essa dor quase que insuportaveis muitas vezes.Segundo a reportagem da revista Veja de 13/10/2010, que diz::..
As crises agudas de enxaqueca são três vezes mais comuns nas mulheres, quando comparadas aos homens, segundo a Sociedade Americana de Dor de Cabeça.

A queda do estrogênio é um dos gatilhos para disparar a enxaqueca. Hoje, não se conhece muito precisamente qual o papel dele no cérebro, mas já se sabe que ele tem ação na quantidade de dor que as mulheres sentem








continue a ler....

Para mais saber e entender::..

Um dado da pesquisa revelou que pessoas que fazem atividades físicas têm menos episódios de enxaqueca se comparadas com as que não praticam exercícios. “Há diversas recomendações para amenizar a enxaqueca, como relaxamentos, dieta equilibrada, psicoterapia”, diz Peres. O especialista ressalta ainda que o uso de analgésico por conta própria pode agravar o problema. O melhor é fazer um tratamento de prevenção para evitar prejuízos no dia a dia. 
continue a ler....

Mas o que é uma enxaqueca???

A enxaqueca é uma forma de cefaléia vascular. Enxaqueca é causada por uma combinação de vasodilatação (alargamento dos vasos sanguíneos) e a liberação de produtos químicos de fibras nervosas que bobina ao redor dos vasos sanguíneos. Durante uma crise de enxaqueca, a artéria temporal aumenta. (A artéria temporal é uma artéria que fica do lado de fora do crânio, logo abaixo da pele do templo.) Alargamento da artéria temporal estende-se os nervos que bobina ao redor da artéria e faz com que os nervos à liberação de substâncias químicas. Os produtos químicos causam a inflamação, dor e alargamento da artéria. O crescente alargamento da artéria aumenta a dor.
 Enxaqueca geralmente é descritas como uma intensa, latejante ou batendo dor que envolve um templo. (Às vezes, a dor pode ser localizada na testa, ao redor do olho, ou parte de trás da cabeça). A dor é geralmente unilateral (em um lado da cabeça), embora cerca de um terço do tempo a dor é bilateral. As dores de cabeça unilaterais normalmente mudar de lado em um ataque para a próxima.
Um ataque típico dura entre 4 e 72 horas.

Os indivíduos com enxaqueca leve e raros que não causam invalidez pode requerer apenas analgésicos OTC. Os indivíduos que experimentam vários enxaqueca moderada ou grave, por mês, ou cuja cabeça não responder prontamente a medicação deve evitar gatilhos e considerar modificações do seu estilo de vida. Modificações de estilo de vida para quem sofre de enxaqueca incluem:
Vá dormir e acordar na mesma hora todos os dias.
Exercite-se regularmente (diariamente se possível). Faça um compromisso de exercer, mesmo quando em viagem ou durante períodos ocupados no trabalho. O exercício pode melhorar a qualidade do sono e reduzir a freqüência e severidade da enxaqueca. Construa o seu nível de exercícios gradualmente. O excesso de esforço físico, principalmente para alguém que está fora de forma, pode levar a enxaqueca dores de cabeça.
Não pule as refeições, evitando o jejum prolongado.
Chocolate foi relatado para causar enxaqueca, mas os estudos científicos não têm consistentemente demonstrado uma associação entre o consumo de chocolate e dores de cabeça. O vinho vermelho foi mostrado para causar enxaqueca em alguns pacientes, mas não está claro se o vinho branco também irá causar enxaqueca. Tiramina (uma substância química encontrada em queijos, vinho, cerveja, lingüiça seca, e chucrute) podem precipitar a enxaqueca, mas não há nenhuma evidência de que consomem uma dieta tiramina baixa pode reduzir a freqüência de enxaqueca. Glutamato monossódico (MSG), foi relatado para causar dores de cabeça, rubor facial, sudorese e palpitações quando consumidos em altas doses em um estômago vazio. Esse fenômeno tem sido chamado de síndrome do restaurante chinês. Nitratos e nitritos (produtos químicos encontrados em cachorros-quentes, presunto, salsichas, bacon e lingüiça) foram relatados para causar enxaqueca. O aspartame, um adoçante substituto do açúcar encontrado em refrigerantes diet e lanches, foram relatados para provocar dores de cabeça quando usada em doses elevadas por períodos prolongados.
 Hormônios femininos e enxaqueca
Algumas mulheres que sofrem de enxaqueca dores de cabeça mais experiência na época     de,seus períodos menstruais. Outras mulheres experiência enxaqueca somente durante o período-menstrual. O termo "enxaqueca menstrual" é usado principalmente para descrever as enxaquecas que ocorrem em mulheres que têm quase todas as suas dores de cabeça, dois dias antes de um dia após a menstruação. Os níveis decrescentes de estrogênio no início da menstruação são prováveis que seja a causa da enxaqueca menstrual. Diminuição dos níveis de estrógeno também pode ser a causa da  enxaqueca que se desenvolver entre usuários de controle de natalidade comprimidos durante a semana que estrogênios não são tomados.
O que deve fazer os sofredores de enxaqueca?
Vá dormir e acordar na mesma hora todos os dias.
CUIDE DA SUA ALIMENTAÇÃO
Exercite-se regularmente (diariamente se possível). Faça um compromisso de exercer, mesmo quando em viagem ou durante períodos ocupados no  trabalho. O exercício pode melhorar  a  qualidade do sono e reduzir a freqüência e severidade da enxaqueca. Construa o seu nível de   exercícios gradualmente. O excesso de esforço físico, principalmente para alguém que está fora de forma, pode levar a enxaqueca dores de cabeça.
Não pule as refeições, evitando o jejum prolongado.
Limite de estresse através de exercícios regulares e técnicas de relaxamento.
Limite o consumo de cafeína a menos de duas bebidas que contêm cafeína por dia.
Evite luzes brilhantes ou óculos escuros e se a luz solar é um gatilho.
Identificar e evitar os alimentos que provocar dores de cabeça, mantendo uma dor de cabeça e alimento diário. Review diário com o seu médico. É impraticável adotar uma dieta que evite toda conhecida enxaqueca provoca, no entanto, é razoável para evitar alimentos que consistentemente provocar.
A enxaqueca é freqüentemente sub-diagnosticada e sub-tratada. Não há cura para a enxaqueca. No entanto, existem numerosas intervenções que podem ajudar a restaurar uma vida melhor para quem sofre de enxaqueca. Essas medidas devem considerar os vários aspectos da condição do paciente em particular. Fatores desencadeantes, inflamação do nervo, as alterações dos vasos sanguíneos e dor são todas as abordadas agressivamente. Individualizar o tratamento é essencial para a otimização dos resultados.
Dr. João Santos Caio Jr
Médico Endocrinologista
Quer saber mais clique aqui


Essa coisinha fofa aqui é minha filhota


Espero que que minha filhota melhore e procure uma ajuda, pois ela sofre e muito com essas dores constante, mas como eu sempre digo a ela PROCURAR UM ESPECIALISTA É SEMPRE BOM E MELHOR CAMINHO.


Beijos de uma linda semana cheia de ,
luz, paz, amor, fé e esperança!

3 comentários:

Maria Luiza disse...

Rosane, tadinha de Hevelyn! Eu sei que é crucial, pois meu marido tinha e era viciado em remédio por causa dela, mas felizmente descobriu-se que a origem da enxaqueca que ele tinha era biliar e com medicção correta, ele foi melhorando até acabar. Minha ex cunhada tbém sofria terrivelmente e quando ela vinha na minha e contava eu passava até mal! Graças a deus tenho pouquíssima, quase nenhuma dor decabeça! esperoque ela sare logo. Seu post, muito rico de informação. Adorei!

Nana... disse...

Nossa me curei pq descobri de onde vinha!!!!Era biliar tbm !!!
Graças a Deus tô curada!!!!!
Amei o post é mto informativo mesmo !!!

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Rô,

Já senti muita dor de cabeça, mas não era enxaqueca, fiz muitos exames, mas nem quero falar sobre isso.
Sei que é horrível sentir dor de cabeça.
Desejo que sua filha fique boa logo.
Bacana esse post que pode ajudar à tantas pessoas que sofrem desse mal.
Beijos