quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Vamos tentar fazer uma batata frita sequinha!!!


Porque toda batata sonha em ser frita?


Apenas uma piadinha que achei uma graça, encontrei passeando pela nete e junto vem "OS DEZ MANDAMENTOS DA SOLTEIRA" confira lendo aqui


Mas falando sério, vamos ao que interessa::..
Eu tentei!

E não é que deu certo.
Faço quase o mesmo processo quando frito frango a passarinho ou peixe.
Só que não misturo o amido de milho no óleo quente e sim passo os pedaços de frango ou os filés de peixe em uma mistura de farinha de trigo e amido de milho.
Frito os pedaços em óleo quente e coloco para em papel para absorver a gordura e...fica sequinho.
Gostei da dica da batata frita e compartilho com você.
Aproveite e siga o Site Cyber Dyet


Batata Frita Sequinha, Sequinha!!!




1 porção = (50.0g)
número de porções = 15 unidades
Valor nutricional e calórico
por porção
calorias = 164.5 kcal
carboidratos = 18.8 g
proteínas = 8.8 g
lipídios = 2.3 g


Ingredientes

Esta na verdade não é uma receita, mas um valioso truque para fritar batatas e deixá-la sequinha, crocante por fora e macia por dentro, ou seja perfeita!!!

Modo de Preparo

Corte as batatas como de costume, seque-as em papel absorvente e reserve. Coloque o óleo para ferver, quando estiver bem quente, retire meia xícara (de chá) do óleo quente e misture meia colher (de sopa) de amido de milho. Despeje o óleo de volta na frigideira e em seguida coloque as batatas para fritar. Retire, deposite sobre papel absorvente e salgue a gosto. Elas ficarão super sequinhas.

Foto por : Douglas Tadeu Aby Saber Filho


fonte aqui

Curiosidade da vovó Rô


Conheça a história da canela-do-ceilão



07/01/2010
A canela, uma das especiarias mais antigas, é originária do Sri Lanka, antigo Ceilão, uma ilha localizada ao sul da Índia. Seu nome científico, Cinnamomum zeylanicum, é derivado da palavra indonésia kayu manis, que significa “madeira doce”.

A especiaria é obtida da casca retirada dos ramos finos da árvore da canela que, ao secar, se enrolam e ganham a forma tubular da chamada canela em pau. Os resíduos e as cascas quebradas são moídos para produzir a canela em pó.

Assim como os tecidos e os metais preciosos, a canela era mercadoria das caravanas que faziam a Rota da Seda, legendária rede de estradas e comércio que ligou o Extremo Oriente à Europa mediterrânea entre os séculos 2 a.C. e 16 d.C. Na época, valia tanto quanto o ouro.

Foram os romanos que levaram a preciosa especiaria para o resto da Europa, que continuou sendo um artigo caro durante a Idade Média e o Renascimento, e contribuiu para a expansão de Portugal, que, no século XVI, tinha o monopólio de seu comércio. E foi nesse mesmo século que a canela passou a ser um ingrediente largamente usado na gastronomia, principalmente na França.

Acredita-se que, antes de ser valorizada por suas qualidades gustativas, a canela já era utilizada por causa de suas propriedades medicinais e fazia parte de cerimônias religiosas e ritos de magia. Citações à especiaria são encontradas em antigas escrituras da China e do Egito, assim como nos livros do Antigo Testamento.

É provável que a canela tenha propriedades adstringentes, antissépticas, aromáticas, digestivas, estimulantes e afrodisíacas. Aliás, na Antiguidade, era usada por rainhas egípcias para seduzir seus escolhidos. No livro dos Provérbios, do Antigo Testamento, é citada como uma das plantas usadas para perfumar o leito nupcial.

A indústria de perfumes usa frequentemente a canela em produtos de aromas intensos e amadeirados. E a linha Taeq Beleza, que combina ingredientes de forma surpreendente, aliou a canela-do-ceilão à tangerina em dois itens do Ritual Energizar: o Shampoo Maciez e Brilho Taeq Tangerina com Canela-do-Ceilão e o
Condicionador Maciez e Brilho Taeq Tangerina com Canela-do-Ceilão. Os dois produtos podem ser usados em qualquer tipo de cabelo.


fonte aqui



Bom e maravilhoso dia para você!
Rosane!

Nenhum comentário: