sábado, 22 de agosto de 2009

Mudando a vida...sempre para melhor!


Casa viva
Aprenda a usar as cores para atrair boas energias






Por Elaine Furlan*


Ao mudar as cores de nossa casa, sempre temos dúvidas quanto aos tons que devemos usar no quarto, na sala, qual fica melhor na cozinha. As paredes dos ambientes de uma casa impregnam-se com vibrações de seus moradores, quer sejam emocionais ou mentais, e um local que está impregnado por vibrações mal qualificadas, certamente, influenciará de algum modo as pessoas que lá permanecem.

Por exemplo, lâmpadas envelhecidas com cor amarelada e paredes precisando de um banho de tinta, tornam a energia de uma casa enfraquecida e de quem vive nela também.

Para corrigir esses distúrbios energéticos existe a Psicometria, nome dado à capacidade de leitura da energia desses ambientes. Dependendo do diagnóstico psicométrico, mudar as cores e a iluminação de uma casa já resolve quase todos os problemas, equilibrando a energia do local.

Nas casas, o conjunto de cores e a decoração precisam formar um ambiente harmonioso e aconchegante, proporcionando uma boa convivência entre os moradores, por isso, é necessário cautela e bom senso no uso das cores vivas ou de tonalidades muito escuras para que não aja um impacto visual grande, já que a intenção é harmonizar e não trazer desconforto.

Os tons suaves favorecem o repouso e são ideais nos quartos e salas e na parte interna da casa. Na hora da escolha, também devemos levar em consideração quem vai ocupar o ambiente.

Por exemplo, o quarto de um bebê, de preferência, deve ter cores suaves nas paredes e cores fortes e diversas em objetos, pois propicia desenvolvimento visual. Já, quartos de adolescentes devem ser alegres, com cores estimulantes e os quartos de pessoas com mais idade devem ter tons suaves, mesclados com cores fortes para manter o estímulo visual.

Tons de amarelo forte e de marrom funcionam muito bem na cozinha, pois abrem o apetite, e tornam tudo mais interessante. O uso indiscriminado da cor azul cria um ambiente muito introspectivo e retraído. Tons de verde são relaxantes e agradáveis para os olhos, além de trazerem vitalidade e saúde para os ambientes.

Nunca use uma só cor em uma casa, pois a monocromia deixa as pessoas sem animo e sem estímulos. Todas as cores têm duas faces, a sombria e a luminosa, portanto, não existe uma cor totalmente boa nem má. Em corredores longos e escuros é importante manter sempre quadros de paisagens e uma iluminação, mesmo que seja de dia.

Lembre-se, sempre que for mudar as cores e a decoração da sua casa não se deixe levar inteiramente pelo modismo, pois ele passa e sua casa fica, e fica por anos a fio. Escolha entre e o modismo e a harmonia, pois irá conviver com as cores que escolheu. Sua casa merece que você escolha cores que deixem o ambiente aconchegante e luminoso.

*Elaine Furlan é especialista em Feng Shui e Radiestesia

fonte aqui


Vovó é muito curiosa...



Feng Shui significa "vento e água", sendo que a energia move-se com o vento e acumula na água. O Chi, por sua vez, é a componente principal do Feng Shui, ou seja, aquela que precisa de se mover livremente para permitir a entrada de energias positivas numa casa. O Chi é uma força da vida e o Feng Shui é uma forma de a colocar na nossa direcção e a trabalhar em nosso favor.

Existem 5 elementos básicos com significados próprios, sendo que cada um corresponde a uma parte da casa: Árvore/Madeira (Energia Ascendente – Antepassados e Riqueza); Solo (Energia Descendente – Relacionamento, Conhecimento e Saúde); Fogo (Energia Activa – Fama); Metal (Energia de Reunião – Crianças e Pessoas que Ajudam); e Água (Energia Fluida – Carreira).

História


Praticado na China há mais de sete mil anos, o Feng Shui era utilizado para orientar as pessoas no sentido de atingirem aqueles que são considerados os grandes objectivos da vida – saúde, riqueza e poder. Tudo isto era conseguido através da organização eficiente das suas casas. No entant
o este foi, durante anos, um segredo muito bem guardado entre imperadores e aristocratas.

Intuição

Abraçar o Feng Shui requer algum conhecimento, mas também uma boa dose de intuição. Ao querer aplicar os princípios desta arte na sua casa, há que ter a mente aberta e não ter medo de experimentar e alterar disposições, objectos e cores até se sentir realmente bem… ou como quem diz, realmente invadido por energias positivas!

continue lendo aqui...

Saiba mais:::..





Aprenda com a arte do Feng Shui, a deixar sua casa com um ar de aconchego, como se ela estivesse sempre de braços abertos pra receber seus convidados e amigos.

O Feng Shui é uma arte milenar e tem seu significado traduzido na composição dos ambientes. Com técnicas que variam desde a posição de objetos e suas influências e vibrações energéticas, até em mudança de atitudes que ajudam a trazer prosperidade. Saiba mais: Saiba porque o Baguá é um dos fundamentos chineses mais importantes para o Feng Shui


Continue a ler aqui...





Li aqui e tomei a liberdade de compartilhar

"A diferença entre os que sonham e os que realizam é a ação."

"Vale a pena ser bem-humorado, nem que seja por preguiça. Porque ser mal-humorado dá muito mais trabalho."

Fonte: As frases são de um pequenino e charmoso livro: Frases, Princípios e Estímulos para executivos e suas equipes, de Silvana Bighetti Bozza Berti.


Fim de semana cheio da paz, luz, amor e aproveite pratique a caridade, limpe seus armários seja feliz e faça o outro feliz!
Vovó Rô!


Um comentário:

Mari disse...

Olá Vovó Rô!Eu queria saber como vc faz o "Leve a Vovó".Por favor,me mostre como,o tipo de programa que vc usa e etc.
Bjinhos!