segunda-feira, 28 de julho de 2008

Deixar de fumar engorda


Deixar de fumar engorda?
Paula Veloso 2008-05-21



Quando se deixa de fumar o metabolismo diminui o que significa que, mesmo que comamos o mesmo de anteriormente, podemos começar a engordar lentamente.
Cada vez há mais pessoas que decidem deixar de fumar, quer por motivos de saúde quer porque é cada vez mais difícil fumar devido às condicionantes legais.Independentemente dos motivos que estão por detrás dessa opção, certo é que habitualmente se vai sofrer um ligeiro ou significativo aumento de peso que pode ir de 3 kg a 12 kg.
Embora não seja agradável engordar, a verdade é que o aumento de peso é reversível enquanto que as lesões pulmonares não o são (pode-se perder peso, mas não os pulmões...). Por isso, deixar de fumar deve ser sempre uma prioridade.
Porque se aumenta de peso?

A nicotina, além de acelerar um pouco o metabolismo, também suprime o apetite. Quando se está a trabalhar e não se tem muito tempo para parar, é (ou era) aparentemente mais fácil pegar num cigarro e continuar o trabalho do que interromper o trabalho para comer.
Quando se deixa de fumar, comer poderá ser o único escape para colmatar a falta do cigarro. Quando se deixa de fumar, o paladar melhora e os alimentos tornam-se mais apetecíveis. Quando se deixa de fumar o metabolismo diminui o que significa que, mesmo que comamos o mesmo de anteriormente, podemos começar a engordar lentamente.

Mas se comermos mais, esse aumento poderá ser muito rápido.

É bom fazer dieta para perda de peso em simultâneo?
Depende da situação. Muitas vezes, pessoas que já tinham excesso de peso ou mesmo obesidade antes de deixarem de fumar decidem, na altura em que o fazem, iniciar um regime de emagrecimento.

É claro que as pessoas são todas diferentes mas o factor "dieta" é para estas pessoas mais um factor de ansiedade o que, a juntar à abstinência do tabaco, pode não dar muito bons resultados em termos psíquicos e emocionais.

Se for alguém normoponderal, o aumento da actividade diária como caminhar 30 minutos por dia poderá ser suficiente para compensar o decréscimo de calorias provocado pela ausência de nicotina.

Ou então seguir um plano alimentar semelhante ao que fazia anteriormente com uma ligeira diminuição calórica.

Se for uma pessoa cujo excesso de peso resultou de uma acumulação lenta ao longo dos anos por erros alimentares repetidos, o que significa que não será necessariamente um comedor compulsivo, poder-se-á fazer, em simultâneo, um plano de emagrecimento para perda ligeira de peso.

Fundamental, em qualquer dos casos, é avaliar e ponderar a situação individual para que o processo de deixar de fumar não se venha a revelar prejudicial, quer ao nível físico quer ao nível emocional.

Algumas dicas para substituir o cigarro sem engordar

• Comer de três em três horas seguindo um plano de calorias adequado ao seu peso;

• Fazer 30 minutos de actividade física ao ar livre, cinco dias por semana; queima calorias e ajuda a relaxar;

• Quando sentir necessidade de substituir o cigarro, mastigue uma pastilha elástica ou um rebuçado sem açúcar;

• Sempre que tiver vontade de comer, escolha alimentos pouco calóricos e que obriguem a mastigar, como fruta ou cenoura crua, ou pipocas com muito pouca gordura e açúcar.

Para muitas pessoas, deixar de fumar constitui uma excelente oportunidade para mudar de hábitos e adquirir um estilo de vida mais saudável. Mas isso não significa passar a comer apenas saladas ou peixe cozido com batatas.

É bom lembrar que as saladas quando são "carregadas" de azeite para temperar também não ajudam a emagrecer...
A informação aqui apresentada não substitui a consulta de um médico ou de um profissional especializado.






Alface com queijo

Ingredientes::-

8 folhas de alface

4 (sopa) de azeite de oliva

100 gramas de queijo mussarela

4 tomates grandes sem sementes

½ maço de hortelã fresca

½ maço de salsinha

2 cenouras pequenas

1 pepino pequenopimenta-do-reino

2 limões

sal

Modo de fazer::-

Cortar a alface em tirinhas. Ralar a cenoura e picar em cubos o queijo, o tomate, o pepino. Juntar estes ingredientes e temperar com sal, pimenta, suco de limão e azeite. Polvilhar com hortelã e salsinha. Misturar bem e servir.


/./././././././././...


Arroz com grão-de-bico e frango


1 e ½ (chá) de grão-de-bico

½ (chá) de água

2 (chá) de arroz

½ (café) de canela em pó

4 (sopa) de manteiga

800 gramas de peito de frango sem pele e sem osso

Rodelas de pimentão para decorar

Sal e pimenta-do-reino a gosto

2 cubos de caldo de galinha

Salsa para salpicar

1 folha de louro

Modo de fazer::-

Na panela de pressão, colocar o grão-de-bico e cubra com água. Tampar e levar ao fogo por 30 minutos. Escorrer e reservar. Cortar o frango em pedaços grandes e temperar com sal e pimenta. Em uma panela grande, derreter 2 colheres (sopa) da manteiga e fritar o frango até dourar. Desligar o fogo. Cubra o frango com o grão-de bico reservado. Colocar o arroz por cima. Dissolver o caldo de galinha na água e despejar na panela. Adicionar água até ficar 2 dedos acima do arroz. Acrescentar a canela e o louro, tampar e cozinhar até quase secar. Desligar o fogo e deixar tampado por cerca de 15 minutos.

Com cuidado, virar a panela em um refratário redondo. Salpicar com salsa e decorar com rodelas de pimentão.


Eu fiz faça você também!


Fonte::-http://www.livrodereceitas.com/

Nenhum comentário: