quarta-feira, 7 de maio de 2008

Curiosisdades - Origem das receitas -


Origem das receitas

O processo de criação de uma receita se dá por várias formas.
Para a maior parte delas, o nascimento é fruto de uma variação sobre os pratos transmitidos de geração a geração, ou seja, uma adequação à época conveniente com os produtos, os gostos e as exigências dos consumidores. Para alguns cozinheiros a criação de uma nova receita passa pela adoção de um produto, para outros ela se dá pelo estudo aprofundado das combinações, reações e transformações possíveis no domínio culinário. Para a maioria, um casamento desses e de outros fatores.
Através da historiografia mais recente da culinária temos conhecimento da origem de algumas receitas famosas que tomaram o nome do seu inventor, adaptador ou mesmo da pessoa que serviu de inspiração.
Provavelmente vocês conhecem o Tournedos Rossini, o Filé Chateaubriand, a Sauce Mornay, o Potage Parmentier e o Bolo Souza Leão, entre outras.
Várias das formas de cozimento e o uso de alguns temperos são descobertas milenares que foram transformadas, adaptadas e adotadas num processo de ensaio e erro que deu origem à culinária gourmet de hoje.
Pressa, desorientação, falta de ingredientes adequados e más condições de trabalho são responsáveis pela criação de muitos pratos, que fazem parte de menus internacionais.
Algumas receitas famosas ainda hoje tiveram sua origem comprovadamente em um erro culinário.
Uma dessas receitas surgidas a partir de um erro é o bolo francês chamado "Manqué" (v. manquer - faltar, falhar, perder). A invenção desse bolo é atribuída a um famoso patissier de nome Félix, que, tendo errado a preparação das claras batidas em neve, resolveu adicionar manteiga deterrida e amêndoas moídas à massa. A cliente que comprou o bolo achou-o tão delicioso que resolveu encomendar um outro. Quando indagado sobre o nome desse bolo desconhecido, ele disse tratar-se de um "gateau manqué".
Este bolo virou uma especialidade tão reputada que até inventaram uma forma especial para ele chamada de "moule à manqué", uma forma redonda com bordas altas utilizada também para outras receitas.
Outro prato que surgiu fruto de um engano e é muito famoso hoje em dia é a Tarte Tatin. Na França chamam esta torta de "Tarte des demoiselles Tatin", no caso, duas irmãs que tomavam conta de um restaurante na região francesa La Sologne, mais precisamente em Lamotte-Beuvron.
Caroline , a caçula, se ocupava de receber a clientela, conversar e tornar o ambiente caloroso. Por sua habilidade em saber ouvir, aconselhar e fazer amigos,foi apelidada de "princezinha da Sologne". A mais velha, Stéphanie, cuidava da cozinha durante todo o dia. Era uma fina "cordon bleu" e tinha como especialidade uma torta de maçãs, a qual era servida caramelizada. Um dia, por razões apenas especuladas, ela preparou a torta esquecendo de por a massa ao fundo. Quando percebeu que não havia tempo para fazer uma outra, colocou uma massa por cima das maçãs e do açucar caramelizado, deixou cozinhar, virou pelo avesso e serviu ainda quente aos convidados que ficaram extasiados com aquela novidade de torta.
Fonte de informação::- http://www.pratofeito.com.br/

Nenhum comentário: