segunda-feira, 1 de agosto de 2011

"A arte milenar de bordar"


A arte de bordar


Em minhas andanças pela internet à procura de novas receitinhas, trabalhos manuais, decoração...para deixar registrado aqui em meu blog, ontem encontrei um trabalho em bordado que me encantei pela perfeição e delicadeza das mãos que o fizeram. São as mãos de alguém do outro do mundo, mais precisamente de Málaga, Andalucía na Espanha com o nome de Carpacar (deve ser seu pseudonimo). Dona do blog El goce de la aguja y el pincel.
Confira os encantos de suas mãos

Caixa bordada com fitas e ponto cruz, reparem a delicadeza das cores e a perfeição que foram aplicadas.


Em detalhe o ponto cruz no tecido de linho milimetricamente contado


Em detalhe o acabamento da caixa
Acabamento por dentro


A tampa da caixa vista de cima para baixo







Um modelo a mais para encher os olhos de aconchego e carinho





A delicadeza dessa guirlande como um mostruário de pontos




O detalhe da cruz em ponto cruz com pérolas
Fonte aqui


Curiosidade da vovó Rô::..


Sobre a arte milenar de bordar...


A história do bordado origina-se com o bordado ponto cruz, cujos registros históricos remontam na pré-história. No tempo em que os homens moravam em cavernas, o ponto cruz era usado na  costura das vestes, feitas de peles de animais. As agulhas eram feitas de ossos e no lugar das linhas eram usadas  tripas de animais ou fibras vegetais..
Existem relatos de que o bordado seja  tão antigo quanto a humanidade e de que o bordado com aplicações já era apreciado pelo homem há 30 mil a.C. A base disso seria um fóssil, encontrado na Rússia, que tinha as vestes adornadas com grânulos de marfim.
Como a maioria das outras artes têxteis e dos trabalhos com agulhas, várias técnicas da arte dos bordados surgiram no Oriente Médio.A arte dos bordados manuais com suas variadas técnicas, ainda é bastante utilizada nos dias atuais em todo o mundo.


O bordado é uma arte milenar que, mesmo tendo passado por várias transformações nos seus processos de fabricação, não perdeu a sua essência e através dos avanços tecnológicos tornou-se uma excelente fonte de renda.
Simone Batista de Miranda Rebouças


Pense nisso::..e faça uma oração


Deus Santo, Deus Forte Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro

-planejando a divina Majestade destruir e arrasar a cidade de Constantinoplas, por meio de violenta tempestade, ouviram os anjos repetior, por três vezes, estas palavras: “Sanctus Deus, Sanctus Fortis, Sanctus Immortalis, miserere nobis”; com essa súplica, logo Deus se aplacou, fazendo cessar a procela que já havia causado muito dano e ameaçava acarretar maior prejuízo ainda.

E assim afirmava: -serem as citadas palavras de grande eficácia, quando dirigidas a Deus em necessidades particulares de fogo, água, ventos, tempestades, guerras, assim como em vicissitudes de alma e corpo, honra, haveres etc.(p.72).
São João da Cruz

Ramalhete EspiritualBeijos meus!
que a sua semana seja de 
Luz, paz, amor, fé e esperança!

4 comentários:

Déia disse...

Oi Ro
Lindos bordados, quiserá eu saber um pouco de bordado, adoraria dar um toque de charme as coisinhas aqui de casa
beijos

Maria Luiza disse...

É, Rô, os lindos bordados eram feitos quando as mulheres desempenhavam a função para qual foram criadas: a rainha do lar, genuína, astuta. Houve um tempo assim. A modernidade tirou da mulher essa função e os bordados se foram também.Maravilhosos! Parabéns por nos mostrar! Bjbjbj!!!

lulopescroche disse...

ola sou do blogueiras unidas e estou fazendo as visitinhas sou sua seguidora e vo ama sua visita no meu cantinho ta bom bjs

Sheila Oliveira disse...

q trabalho mais lindo, gostei muito desta técnica, muito delicado...sou do blogueiras unidas e vim visitar seu blog, estou te seguindo, quando puder me visite tbm:http://sherubia.blogspot.com/ abraços