segunda-feira, 12 de julho de 2010

Indicando livros, receitas (salgaa e doce) e fuchico perfeito




 A vovó também é cultura

Indicando bons livros
  
 Gostaria de indicar os livros do Dr José Ângelo Gaiarsa.
 Livros que já li e gostei muito bom para as novas mamães.
Quando da educação de meus filhos infelizmente eu não pude ter acesso a tais informações formadoras. Naquele tempo tudo era bem mais difícil. O máximo de informação que eu tive foi um livro que até hoje deve ser usado pelas mamães , " A VIDA DO BEBÊ DO DR.RINALDO DE LAMARE


Uma sinopse deste best-seller clicando aqui

Mas nada melhor do que estar sempre por dentro de como educar na realidade nossas crianças no mundo de hoje. Tarefa muito difícil mas com toda certeza muito gratificante.
A matéria abaixo eu li no Site Mais de 50.com.br, que eu já por várias vezes indiquei aqui. Achei bastante interessante e informativa. E tudo o que é bom tem quer compartilhado.

Os livros do Dr. José Ângelo Gaiarsa são sempre bons. Eu sou suspeita em comentar pois gosto muito de sues ensinamentos. Um médico reto e honesto.
Os livros são::..




 Minha Querida Mamãe


A cartilha da nova mãe


fonte aquiNão deixe de comprar
























  A matéria na integra
Mãe é sempre mãe
José Ângelo Gaiarsa faz uma revisão da maternidade
Por Simone Muniz


Um novo olhar sobre o papel da figura materna é a proposta do psiquiatra José Ângelo Gaiarsa em seus dois recentes livros: "A cartilha da nova mãe" e "Minha querida mamãe", ambos da editora Ágora. Polêmico, o autor tira a mãe do pedestal para abordar pontos dificilmente relacionados a ela, como a sexualidade, e apresenta uma ligação mais verdadeira e próxima com os filhos.

Em "Minha querida mamãe", Gaiarsa faz uma relação entre a mãe do passado (velha mãe) e a dos dias atuais (nova mãe), apontando a constante repetição do que foi aprendido. "Costumamos reproduzir 90% do que nos ensinaram. A mãe não vê a individualidade do filho e termina repetindo padrões. No entanto, não existem regras de educação, porque cada filho é diferente. A figura materna se forma junto com o filho. Se não, impõe a ele suas tradições", alega o autor.

Tarefa fácil? Nem um pouco. De acordo com o psiquiatra, que hoje tem 83 anos e 50 de atendimento a famílias no consultório, ser pai e mãe são as funções mais difíceis do mundo. Porém, não se exige qualificação para exercê-las. "Não podemos expor as crianças a nossa falta de experiência. Mesmo não sendo educadores, agir por instinto é bom para animais, mas não para um filho", alerta o autor.

Outro erro comum é o excesso de autoridade na educação, o que faz com que a criança se isole das outras e não participe de atividades e conversas que poderiam ser benéficas para o seu desenvolvimento. "Nascemos com 100 bilhões de neurônios, mais do que as árvores da Floresta Amazônica. Aos 10 anos, perdemos a metade por falta de estímulo", mostra Gaiarsa.

Outro exemplo é a questão da sexualidade. Segundo o psiquiatra, a mãe é vista como um ser que não tem sexo –como se seu corpo só existisse da cintura para cima. Por isso, é importante que a mãe permita ao filho uma grande quantidade de experiências com pessoas diferentes. "A convivência intensa apenas entre o filho e a mãe é uma tragédia para os dois", alerta.

Na opinião do autor, a conseqüência da falta de preparo na educação atinge diretamente a sociedade, cuja base encontra-se na constituição familiar. Não é à toa, portanto, que a vida social se encontra cada vez mais conturbada. Para repensar os conceitos de família e de maternidade, ele propõe uma escola de relacionamentos pessoais, onde homens e mulheres teriam que passar antes de ser pais."Numa sociedade ideal, a meu ver, ninguém pode ter um filho sem ter convivido muitas horas com crianças pequenas antes, para saber qual a sensação real de se ter uma criança pendurada em você o tempo inteiro", afirma.

Para complementar os ensinamentos de "Minha querida mamãe", Gaiarsa lançou também "A cartilha da nova mãe", livro no qual ele propõe a criação de um partido político formado pelas mães. Para o autor, somente as mães poderiam "ajustar" o mundo, já que elas são preparadas para cuidar, diferentemente dos homens. Prova de que, por mais que falhem, mãe é sempre mãe.
Informação do site MAIS DE 50 com.br



 Receitinhas da vovó Rô::..

As receitinhas abaixo são de uma grande amiga que eu admiro muito.
ela cozinha como ninguém e suas receitas são sempre ótimas.
 é só copiar e fazer!

carne_de_panela
Receitinha salgada::..


Carne de panela com cerveja da amiga Regina



Ingredientes:
2 cebolas médias picadas
sal a gosto
pimenta a gosto
1 folha de louro
2 xícaras (chá) de cerveja
2 xícaras (chá) de água
suco de 1 limão médio
8 fatias bacon
2 cravos-da-índia sem cabeça
2 kg de lagarto

 Modo de Preparo:
Limpe bem a carne, retirando qualquer gordura ou membrana existente. Forre o fundo de uma panela grande com as fatias de bacon, espalhe a cebola sobre elas e leve ao fogo até que o bacon derreta e as cebolas murchem. Coloque a carne na panela, sobre o bacon. Junte o suco de limão, a folha de louro, os cravos-da-índia, o sal e a pimenta. Frite a carne por 2 a 3 minutos, vire-a e frite-a por mais 2 a 3 minutos.
Acrescente a cerveja, deixe-a evaporar um pouco e, finalmente, adicione a água. Tampe a panela e cozinhe em fogo brando, até que a carne fique macia. Sirva-a a seguir, acompanhada de arroz branco.

 Receitinha doce::..


Bolo de maçã da amiga Regina

maçãs

Ingredientes:-
quatro ovos
2xic. de trigo
2xic. de açúcar
1/2 xic. De óleo
duas maçãs descascadas e picadas
1/2 xic. De nozes ou amêndoas
1/2 xic. De uvas passas
duas colheres de trigo para por nas nozes, maçãs e uvas passas
uma colher de sopa de fermento em pó

Modo de fazer:-

Na batedeira bater os ovos, o açúcar, o trigo, o óleo e o fermento. Junte delicadamente as frutas e leve ao forno para assar em forma untada e enfarinhada.
Se quiser jogue açúcar de confeiteiro com limão sobre o bolo ainda quente e assado (lógico, herrr)

Servir com chá de maçã com canela, hummmmmmmmm! Que maravilha!.......


E para as FUCHEIRAS DE PLANTÃO aprendendo a fazer do site VILA DO ARTESÃO ESSE EU AMO DE PAIXÃO, NOS ENSINA TUDO E SEMPRE COM PASSO A PASSO.



APRENDENDO A FAZER O FUCHICO PERFEITO 


Fuxicos
Vamos começar o dia fuxicando, que tal? E não esqueçam que quanto mais fuxicarem, melhor irá ficar, pois é a prática que traz qualidade aos fuxiquinhos. Mas tudo isso no bom sentido, é claro. Segue o passo-a-passo com as dicas de Heather Bailey, para quem ainda não pegou o jeitinho de fuxicar com capricho. Vamos lá:

Fazendo o molde de fuxicoPrimeiro faça um molde para os seus fuxicos num papelão. Lembre que ele precisa ter o dobro do tamanho que você deseja para o seu fuxico, mais uma sobrinha para o alinhavo. Use um copo ou a tampa de um pote de vidro.
Cortando o tecido para fuxicoCom o seu molde trace os círculos do fuxico no avesso do tecido. Use giz ou uma caneta de tinta solúvel em água. Recorte os círculos com a tesoura .
Alinhavando o fuxicoDobre uma pequena borda em torno do seu círculo enquanto alinhava. Use uma linha forte de boa qualidade para resistir.
Finalizando o fuxico
Depois de alinhavado, puxe a linha até que as bordas do centro se unam. Dê dois pontos para prender bem o fio, um nó e corte a linha. Aperte o seu fuxico para que ele assente.
Dica importante: Se você alinhavar seu fuxico com pontos bem próximos, ele ficará com o miolo mais abertinho, como do fuxico ao lado. Esse alinhavo fica bem se você for colocar um botão ou outro enfeite no centro do seu fuxico.

Alinhavando fuxico com miolo fechadoVeja ao lado como alinhavar para que o fuxico fique com o miolo mais fechadinho. Dê os pontos mais distantes uns dos outros.
Fuxico com miolo fechadoPerceberam a diferença? O alinhavo com pontos mais distantes fez com que o miolo do fuxico ficasse mais fechado. Esse alinhavo é ideal para quando você cria peças que deixam o centro do fuxico à mostra, como colchas e jogos americanos, por exemplo.
Leia o passo-a-passo original.



Espero que você tenha uma semana de muita paz, amor, esperança e fé!
 Beijos e beijos!

Nenhum comentário: