segunda-feira, 7 de junho de 2010

" - Dicas úteis sobre gastronômia - "

imagem aqui



DICAS ÚTEIS SOBRE GASTRONÔMIA::..

 Estou sempre me confundindo com as palvras e para melhorar aprimorar meu vocbulário...



GLOSSÁRIO GASTRONÔMICO

Gastronomia – Arte de cozinhar de maneira que se proporcione o maior prazer a quem come;
2- Arte de regalar-se com finos acepipes.
Gastrônomo – Aquele que é dado à gastronomia.
2- Que gosta das boas iguarias; aquele que busca os mais refinados prazeres da mesa.
Gourmand – Aquele que é dado a comidas apetitosas.
2- Guloso.
Gourmet – Indivíduo apreciador e conhecedor de iguarias finas.

ALGUMAS SUPERSTIÇÕES À MESA::..


  • Vinho derramado é alegria. Sal derramado é mau agouro. Farinha no chão é sinal de fartura. Dinheiro em mesa de comida é sinal de miséria.
     

  • Donzela não serve sal, não corta galinha, nem passa o paliteiro.
     

  • Beber o que restou do copo de alguém é uma maneira de ficar sabendo seus segredos.
     

  • Pegue o prato com a mão direita e devolva com a mão esquerda. A direita é de bênção para o prato cheio e a esquerda, de maldição para o prato vazio.
     

  • Nunca se oferece nem o primeiro nem o último bocado.
     

  • Mesmo que haja um convidado à mesa, o primeiro pedaço deve ser oferecido ao dono da casa para não desejar sua morte. Se ele recusar, o perigo passou.
     

  • Quando uma panela deixa a comida queimar várias vezes, fica viciada. O melhor é colocá-la de lado, como imprestável.
     

  • Só uma pessoa mexe a comida, senão ela fica sem gosto.
     

  • Não se deixa a colher dentro da panela nem descansando na borda. Isso atrasa a comida.
     

  • Não se pragueja para acender o fogo porque isso chama o demônio para ajudar.
     

  • Mexe-se da direita para a esquerda primeiro. Depois, ao contrário. Não se mexe a comida com faca porque faz mal.
     

  • Não se passa o sal diretamente para a mão de quem pede. Dá azar. Deve-se colocá-lo na mesa. 



    Como preparar os alimentos com higiene?



    O que fazer

    Por que fazer
    Lave as mãos antes de preparar os alimentos e depois de manipular alimentos crus (carnes, frangos, peixes) e vegetais não lavados.

    As carnes cruas e os vegetais não lavados apresentam micróbios patogênicos que podem ser transferidos aos alimentos prontos por meio das mãos dos manipuladores.
    O alimento deve ser bem cozido, em altas temperaturas de forma que todas as partes do alimento atinjam no mínimo a temperatura de 70ºC.
    Para ter certeza do completo cozimento, verifique a mudança na cor e textura na parte interna do alimento.

    Deve-se cozinhar bem as carnes (lembre-se que temperaturas superiores a 70ºC destroem os micróbios).
    Para carnes bovinas e de frango tome cuidado para que as partes internas não fiquem cruas (vermelhas). Os sucos dessas carnes devem ser claros e não rosados.
    Evite o contato de alimentos crus com alimentos cozidos. Além disso, lave os utensílios usados no preparo de alimentos crus antes de utilizá-los em alimentos cozidos.
    CUIDADO! As carnes cruas e os vegetais não lavados também podem transmitir micróbios patogênicos aos alimentos prontos por meio dos utensílios (talhares, pratos, bacias, tabuleiros). Isso é chamado de contaminação cruzada.
    Um exemplo desse tipo de contaminação é cortar frango cru e usar a mesma faca, sem lavar, para fatiar uma carne assada.

    Durante a utilização dos óleos e gorduras pode haver alterações no cheiro, sabor, cor, formação de espuma e fumaça. Estes sinais indicam que o óleo deve ser trocado imediatamente.

    Quando os óleos e as gorduras são utilizados por longo período, são formadas substâncias tóxicas que podem causar mal à saúde.
    Essas substâncias dão um sabor e cheiro ruins ao alimento e, geralmente, produzem muita fumaça e espuma.
    Os alimentos congelados e refrigerados não devem permanecer fora do freezer ou geladeira por tempo prolongado.
    No caso de alimentos preparados serem armazenados na geladeira ou no freezer, esses devem ser identificados com:
    - nome do produto;
    - data de preparo;
    - prazo de validade.

    Não descongele os alimentos à temperatura ambiente. Utilize o forno de microondas se for prepará-lo imediatamente ou deixe o alimento na geladeira até descongelá-lo. As carnes devem ser descongeladas dentro de recipientes.

    Lembre-se sempre: os micróbios patogênicos multiplicam-se rapidamente em temperatura ambiente.
    Durante o descongelamento, a carne produz sucos que podem contaminar outros alimentos com micróbios patogênicos.



    Atenção!
    Alimentos como frutas, legumes e hortaliças devem ser higienizados, tendo em vista que esses podem ser consumidos crus. A correta higienização elimina os micróbios patogênicos e os parasitas.





    Para higienização de hortaliças, frutas e legumes:


    1) Selecionar, retirando as folhas, partes e unidades deterioradas;
    2) Lave em água corrente os vegetais folhosos (alface, escarola, rúcula, agrião, etc.) folha a folha, e as frutas e legumes um a um;
    3) Colocar de molho por 10 minutos em água clorada, utilizando produto adequado para este fim (ler o rótulo da embalagem), na diluição de 200 ppm (1 colher de sopa para 1 litro);
    4) Fazer o corte dos alimentos para a montagem dos pratos com as mãos e utensílios bem lavados;
    5) Manter sob refrigeração até a hora de servir.


    e conheça a íntegra da Cartilha de Boas Práticas da Anvisa
      

    TODAS ESSA INFOMAÇÕES E MUITO MAIS, ESTÃO NO SITE::..

    CLIQUE AQUI


    Tenha uma linda semana cheia das benções e do amor de Deus!
    Beijos e beijos!



Nenhum comentário: