sábado, 10 de outubro de 2009

Sonhos e inspiraçoes...

Apenas sonhos e inspirações....


Campo de Lavanda da Provance, adoro o cheirinho nostalgico da lavanda, um dia conhecerei um campo desses.




Essa acima é uma das trepadeira que gostaria de plantar no meu quintal quando for da reforma.

Mas enquanto não vem a tão prometida reformada, promessa feita para ano que vem do maridão, vou sonhando com as imagens.

E deixo para você a origem e histórinha das Glicínias.

No início da primavera, ela se "veste" de lindos cachos de flores: é a glicínia, uma trepadeira versátil que pode ser cultivada até como bonsai!

Pertencente à família das Leguminosas, a glicínia ‚ uma planta trepadeira de grande valor ornamental. Por suas características, pode ser cultivada como um arbusto e até mesmo como um bonsai, dependendo das podas que forem realizadas.

Planta vigorosa e lenhosa, a glicínia produz belos cachos de flores nas colorações branca, lilás ou rosadas. São três as espéci

es disponíveis: Wisteria sinensis, Wisteria floribunda ou multijuga e Wisteria macrostachya. A espécie Wisteria sinensis, nativa da China, apresenta cachos de flores com tamanho que não ultrapassa 30 cm. Já a Wisteria floribunda ou multijuga produz cachos floridos que podem atingir até 45 cm.

A glicínia se reproduz bem e floresce mais rapidamente por meio de estacas de galho, entretanto, o plantio pode ser realizado também através de sementes, apesar da floração ser mais demorada.

A planta necessita de sol direto para se desenvolver bem e florir bastante. Quanto ao clima, não é muito exigente, mas o ideal par

a o cultivo é o clima temperado. O solo para o plantio deve apresentar boa drenagem.

Um cuidado especial: as glicínias necessitam de boas regas, principalmente nos períodos de crescimento e floração, portanto, não descuide das regas, evitando deixar o solo excessivamente seco.

As podas, que devem ser realizadas durante os meses de abril e maio, é que vão determinar o formato da planta. De qualquer forma, a glicínia vai precisar ser tutorada para que seu crescimento seja ordenado.

Como planta de grande valor or

namental, a glicínia pode ser cultivada isoladamente ou combinada com uma ou mais variedades, resultando em belos efeitos no revestimento de caramanchões ou enroscando-se em troncos de árvores, colunas, grades e portões. Nos jardins ou varandas, pode até ser plantada em vasos grandes ou caixas que suportem bem o crescimento das raízes.

Sob outro aspecto, é importante destacar que a glicínia é muito apreciada pelas abelhas, sendo uma espécie muito valiosa para os apicultores.

Fonte aqui


Estas imagens são de blog francês que coli e guardei, mas não sei os créditos...


Vejam os cachos selestiais, só Deus para fazer tal grandiosidade de cores e beleza...


Imagens retiradas da net

wisteria-chinensis.jpg


wisteria_sinensis.jpg

São lindas por demais...

Beijos de maravilhoso fim de semana para você!
Que te ilumine e te guie sempre e sempre!
Rosane!

2 comentários:

Mônica disse...

Glicinea é uma das plantas preferidas de mamae.
EStas que enncontrou são demais!
Com carinho bom feriado.
Com carinho Monica

Melisa disse...

olá Ro! Escrevo desde Argentina; eu moro bem pertinho dum campo de lavandas, em La Cumbre, Córdoba! Si quiser, visite o meu blog de comidas caseras argentinas www.caseritoviandas.blogspot.com