quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Entendo sobre pão e vinho

Como está frio, chovendo muito, resolvi fazer uma pesquisa sobre pães.
Você sabe a história do Pão? Essa delícia que enche nossos olhos logo ao raiar do dia, principalmente se ele for fresquinho, ou se você tiver uma bela máquina de Pão em casa. Sabe aquela que você programa e pra hora desejada? E aí você acorda com aquele cheirinho delicioso de pão. Eu tenho uma e garanto que faz pães deliciosos.
Então vamos a ...

História do Pão e depois do vinho caso você queira saber mais

O pão, o vinho e fungos em ação
Entenda como um ser microscópico ajuda a produzir bebidas e alimentos!

Uma bola de farinha e água vai ao forno e um pão fofo e saboroso é retirado quentinho após alguns minutos. Curioso, não? E o que você diria do suco de uva, que, descansando em contato com o ar, se transforma em vinho? Pois por muito tempo a origem desses alimentos foi atribuída aos deuses. Até que a ciência descobriu fungos em ação...

Há muito e muito tempo, cerca de cinco mil anos antes do nascimento de Cristo, o vinho já existia. Não era produzido em vinícolas, como se faz hoje. A bebida simplesmente surgia depois de algum tempo que o suco de uva era deixado em contato com ar.

Como os homens da época não sabiam explicar a transformação de um suco em algo que proporcionava uma grande sensação de alegria, achavam que a bebida era obra dos deuses. Os antigos egípcios diziam que era o deus Osíris que mandava aquela dádiva para aliviar o sofrimento dos homens na Terra. Mais tarde, os gregos diziam ser um néctar de seu deus Dionísio e os romanos, de seu deus Baco.

Embora não envolvesse divindades, o pão era outro mistério para os povos da Antigüidade. Foram também os egípcios que o inventaram, deixando uma mistura de água e farinha ao Sol até formar bolhas para, depois, assar entre pedras aquecidas. Com o tempo, tiveram a idéia de guardar um pouco da massa com bolhas para juntar a uma massa nova, acelerando seu processo de crescimento.

Assim, os anos foram passando e as pessoas que sabiam preparar um bom pão sempre tinham em casa um tasco da massa anterior para juntar a uma nova. Passou a ser costume na Europa que as mães dessem para as filhas que se casavam um pouco de sua massa de pão com a idéia de que elas fizessem o mesmo com suas filhas para que se comesse sempre um pão gostoso!

Mas ao contrário do que pensavam os povos antigos, o pão e o vinho nunca resultaram de mágica e, sim, da ação de um ser microscópio, um fungo chamado levedura! A levedura é uma espécie microscópica de fungo que vive no ar e que, ao entrar em contato com alimentos, como a massa do pão e o suco de uva, provoca duas reações: a levedação e a fermentação.

Eis a imagem da levedura, o fungo que transforma
o suco de uva em vinho e faz a mistura água +
farinha crescer para ser assada e virar pão

No caso do pão, é a levedação -- ou respiração da levedura -- que faz a massa crescer. E a massa cresce porque a levedura se alimenta de componentes dela; nessa ingestão, absorve oxigênio presente na massa; e, como nós, elimina gás carbônico. Resultado: as bolhas formadas por esse gás vão fazendo a massa aumentar de volume.

Logo, antigamente, ao misturar um pouco de massa descansada a uma massa nova, as pessoas estavam acrescentando mais levedura à massa e, com mais levedura eliminando gás carbônico, mais depressa a massa cresce. Sabia que foi da observação desse fenômeno que surgiu o fermento?

Conta-se que os irmãos Fleishmann, da Áustria, ao visitarem, em 1865, uma irmã que morava nos Estados Unidos, ficaram horrorizados com a qualidade do pão daquele país. E que dois anos depois, quando também se mudaram para lá, levaram no bolso um pouco da massa de pão -- ou da levedura, podemos dizer assim -- usada em casa pela mãe. Resultado: criaram uma indústria para produzir levedura -- o fermento! -- e passaram a vendê-lo em pó ou prensado para o mundo inteiro!

continua...

Dê continuidade a leitura e você aprenderá sobre a história do vinho.

Eu adoro aprender, quanto mais aprendo mais curiosa fico e quero aprender mais e mais.

Fonte aqui

Beijos de uma linda noite pra você!
Rosane!

Um comentário:

Claudia disse...

Querida, muito obrigada pelos parabens, pelo seu voto e pelo carinho.

Beijos