terça-feira, 28 de julho de 2009

- Para quem faz dieta -

Boa notícia para quem faz dieta: especialistas ensinam como transformar arroz, pães e massas em amigos de uma boa alimentação

Na guerra contra a balança, de tempos em tempos, aparecem fórmulas de emagrecimento. O carboidrato já foi considerado o inimigo número um de quem está acima do peso, mas não é mais. Agora é aliado.
Nas academias de ginástica, Outubro é um mês sintomático, porque cresce o número de matrículas. A frequência aumenta em torno de 20%. Passado o inverno, é tempo de se preparar para o verão. É hora de queimar e também de cortar calorias.

A maioria dos alunos, além dos exercícios, não dispensa uma dieta. ?Fechar um pouquinho a boca e fazer o que o médico manda: não comer gordura e não comer açúcar?, diz a aposentada Eva Strong. O professor Flavio Moraes cortou os carboidratos da alimentação e perdeu quatro quilos em um mês. ?O jeito é ficar só na base da proteína e seguir para o verão?, diz.

Os carboidratos estão presentes em todos os cereais, trigo, arroz e milho, além de estar nos pães, nas massas e até nas frutas. Durante anos eles foram considerados os vilões por quem pretende emagrecer, mas especialistas afirmam que os carboidratos não devem ser cortados completamente das refeições.

Pelo contrário: devem fazer parte de uma boa alimentação, porque são fontes de energia necessárias ao organismo ? Quando se tem um consumo muito reduzido de carboidrato, o organismo vai buscar essa energia que é necessária para o funcionamento das atividades em outras estruturas corporais.

Normalmente, o organismo vai lá na proteína, que está armazenada na nossa musculatura?, explica o nutricionista Ricardo Sodré. Resultado: você até emagrecer, mas em vez de perder gordura, perde músculo. O gráfico Marcelo Magalhães há oito anos aprendeu a ter uma alimentação balanceada. Come de três em três horas e cortou os carboidratos só à noite. Nunca mais engordou. ? Depois que comecei a fazer esse acompanhamento nutricional, voltei a ter um peso normal e uma saúde mais adequada. A pressão e o colesterol voltaram para o lugar?, conta o gráfico Marcelo Magalhães.

Como sempre, explica o nutricionista Ricardo Sodré, o segredo está em conjugar alimentação saudável com atividade física. ? É preciso conduzir tudo de forma bem equilibrada, procurando ajuda de um profissional. O preparo para o verão não deve acontecer só nos meses que antecedem o verão, e sim durante o ano inteiro?, orienta o nutricionista.

Fonte; http://g1.globo.com/bomdiabrasil


É isso pessoas, uma boa dieta tem que ser acompanhado de exercícios físicos, se não de nada adianta.


Sendo assim vamos fazer um delicioso pão caseiro e comer com moderação.

Mas antes tome nota das dicas abaixo.



Curiosidades da vovó::..


Visitem este Site.
Já indiquei por várias vezes aqui no blog e torno a repetir é sem dúvida alguma um dos melhores visitados por mim. Faço as receitas que nele contem constantemente e eu as recomendo, principalmente para as iniciantes na maravilhosa arte de cozinhar.
Visitem clicando aqui


As Dicas e Segredos para Pães Feitos em Casa

Observando alguns detalhes com certeza você conseguirá fazer com sucesso pães irresistíveis.

  • Nunca coloque toda a farinha pedida na receita, dependendo da temperatura e unidade do dia, do tamanho dos ovos, e da qualidade da farinha essa quantidade pode ser excessiva tornando a massa firme demais (dura).




    Uma receita que pede 1 kg de farinha significa que pode ser que use no máximo 1 kg pra fazer a massa, abrir, enrolar, etc.


  • As mãos úmidas ou cheias de massa também podem confundir e dar a impressão que está faltando farinha no pão, mas , basta estar com as mãos limpas, bem secas e principalmente totalmente enfarinhadas, que você vai notar a diferença nas próximas massas que fizer.


  • Para iniciar uma massa, devemos inclusive começar a mexer com um garfo, e depois que passarmos para uma superfície enfarinhada uma espátula envolta em farinha é melhor, deixe para usar as mãos enfarinhadas, é claro só mesmo no final de sovar.
  • Quando for usar a s mãos , aqueça as mesmas com água morna e enxugue, pois elas já começam a ajudar no processo de crescimento da massa.
  • A água ou leite que é pedido geralmente morno, deve ter uma temperatura quase fria, nunca passando da temperatura do leite que damos aos bebês, pois se estiver um pouquinho mais quente ele destrói o fermento, e consequentemente a massa não vai crescer.
  • Coloque sempre um pouco de açúcar , mesmo nas massas doces, ela ajuda a crescer e deixa a massa com cor mais bonita.
  • Salvo algumas receitas , e nessas está especificado, os ingredientes para massas com fermento de pão, devem estar sempre em temperatura ambientes, como os ovos, margarina, etc...
  • Para crescer a massa, coloque-a em lugar fechado, sem vento e aquecido.
  • Pode ser em forno comum já morno, mas com o fogo apagado, ou no microondas, nesse caso coloque a massa em vasilha tampada, ligue o microondas na temperatura mais baixa, e ligue por 3 minutos. Após desligar, deixe dentro do microondas + 10 minutos e a massa já estará crescida, se a massa for bem leve, nesses 3 minutos já cresce.
  • Sempre tampe a massa para crescer, com a tampa hermética da vasilha, ou um pano ou em saco plástico, que é excelente.
  • O velho truque da vovó, para saber se a massa está crescida, funciona sim, mas a bolinha de massa que se põe num copo de água, deve estar no mesmo ambiente em que a massa estiver crescendo, ex: se a massa crescer no forno comum, o copo com a bolinha de massa tem que estar também dentro do forno. E a massa estará no ponto, quando a bolinha subir à superfície.
  • Outra maneira de ver se a massa está crescida o suficiente, é introduzir o dedo 1 cm na massa, se ficar marca , a massa está pronta.
  • Unte as formas com margarina ou manteiga onde for assar o pão e polvilhe farinha de trigo, assim fica mais fácil removê-los.
  • Se for assar em um refratário de vidro use uma temperatura mais baixa no forno, fazendo até economia.
  • Caso o pão doure muito rápido, termine de assar coberto com papel alumínio, sem apertar, sempre com a parte brilhante voltada para o alimento.
  • Pães firme podem ser embrulhados ao sair do forno, em papel filme transparente para conservarem a temperatura.
  • Não deixe o pão esfriar na forma, coloque em uma grade para que respire , senão o fundo fica mole e úmido.






  • Pães sem gordura como italiano devem ser embrulhados e colocados no freezer, para sua conservação, pois em temperatura ambiente, depois de algumas horas ele seca e endurece.
  • Pão congelado é mais fácil de cortar, o que torna possível cortarem fatias mais finas.
  • Depois de cortados o pão descongela em apenas 15 minutos na temperatura ambiente.
  • Se quiser pode também colocar direto do freezer ao forno moderado (180º) por 15 minutos.
  • Ainda congelado pode ser levado diretamente na torradeira.

Segredos para cada tipo de casca:

  • brilhante - pincele com 1 ovo batido misturado com 1 colher ( sopa) de leite.
  • dourada - pincele com ovo e algumas gostas de café.
  • crocante - pincele com água.
  • macia - pincele com manteiga ou margarina derretida, ou mesmo com óleo, faça isso várias vezes enquanto assa.
  • dura - coloque uma assadeira com água fervente no chão do forno enquanto o pão assa.

Fonte aqui

Eu fiz e todos aqui em casa aprovaram!

Faça o seu também!

Receitinhas de pães caseiro::..

Pão Caseiro


Pão Caipira
Ingredientes:
1 kg de farinha de trigo
1 tabletes de fermento
1/2 litro de água levemente morna
1 colher (sopa) de banha
1 colher (sopa) de açúcar refinado
1 colher (chá) de sal

Pão Caseiro Enriquecido
Ingredientes:
1 tabletes de fermento
2 xícaras de leite levemente morno
2 colheres (sopa) de banha (melhor) ou manteiga
3 ovos
1 colheres (sopa) de açúcar refinado
1 colheres (chá) de sal
1 kg de farinha de trigo

Preparo:
Preparo das duas receitas acima:

  • Dissolva o fermento no açúcar refinado.
  • Junte o líquido, que deve estar quase frio.
  • Acrescente 1 xícara de farinha.
  • Deixe crescer 30 minutos em lugar tampado e sem vento (forno comum ou de microondas).
  • Junte os outros ingredientes.
  • Sove muito bem e com força.
  • Deixe crescer novamente até dobrar de volume.
  • Divida em dois e faça os formatos.
  • Coloque na assadeira (sem untar) que vai ser assado e deixe crescer novamente
  • Esses pães não ficam muito dourados por cima, verifique por baixo, quando estiver dourado está bom.
Fonte e imagens clique aqui

Boa tarde pra você meu querido leitor!
Rosane!




Nenhum comentário: