sexta-feira, 19 de junho de 2009

- ORGANIZAÇÃO NO ARMÁRIO E EM SUA VIDA -


Como fazer uma faxina no armário e na vida

24/03 - 00:00hrs

Os sábios chineses ensinam que excesso de bagunça não deixa a energia circular

Roupas, sapatos, perfumes, enxoval, tudo sempre acaba entulhado no armário. Na hora de achar alguma coisa, é aquela luta. Será que existe algum jeito de ter armários sempre arrumados e cheirosos?

Apesar das nossas boas intenções, armários e closets muitas vezes parecem assustadores buracos-negros, amontoados tanto de coisas inúteis quanto de lembranças queridas. Quanto mais a gente compra, mais problemas acaba criando, até que um dia, a simples rotina matinal de achar uma blusa ou uma calça vira um tormento e você já sai para o trabalho estressado - isso se não estiver vestindo uma meia azul e outra preta!

Perguntamos para especialistas em organização e bem-viver quais são suas dicas para ter armários sempre em ordem. Confira o passo a passo e coloque tudo em ordem!

Passe adiante
Sabe aquele vestido curtíssimo de bolinha que você usou na festa de 15 anos da sua prima e que, embora nunca mais vá ser usado, permanece guardado em alguma gaveta do seu armário? Doe, assim mesmo, sem piedade. Segundo o Feng Shui, a milenar filosofia chinesa do equilíbrio e da harmonia ambiental, guardar coisas que a gente nunca vai usar não é bom: “atrapalha o fluxo de energia e pode até fazer a vida estagnar, sob o peso das coisas inúteis”.

Por isso, o passo número um de toda e qualquer arrumação é evitar guardar aquilo que é desnecessário. "Precisamos tirar o velho para dar espaço ao novo", ensina Adrianne Frattari, especialista em Feng Shui. Separe as roupas e sapatos que não servem e dê para parentes, amigos ou para entidades e associações que poderão aproveitá-las melhor.

Na hora da separação dolorosa, use a regra de ouro: se faz mais de um ano que você não usa, doe. Não se culpe, aquilo que não serve para você pode fazer outra pessoa feliz. E se quiser mesmo guardar de lembrança o vestido dos seus 15 anos, ou a roupa do primeiro beijo, mande lavar, embrulhe em papel de seda (de preferência azul-claro, para não amarelar) e coloque no alto do armário. Mas cuidado, sua casa é um lar, não um museu!

O que guardar?
Para não deixar para trás peças-chaves que sempre voltam à moda ou que nunca saem dela, a consultora de moda Gloria Kalil dá as dicas. “É sempre bom guardar peças étnicas, como aquela saia que você trouxe de Marrocos, aquela bata da Índia, pois são roupas que não mudam muito com o tempo e sempre voltam à moda. Jeans básicos, terninho preto, roupas que tenham um corte bonito, um bom tecido, mesmo que você tenha usado bastante, vale a pena guardar. Agora, jamais guarde aquelas peças superfashion, ou ligadas diretamente à estação. São modismos que não voltam”.

Direto para a lata de lixo (ou reciclagem)
* Remédios com data de validade vencida;
* Amostras de cosméticos que você ganhou há mais de um ano;
* Cosméticos e, especialmente, protetores solares com prazo de validade vencido;
* Revistas e jornais que você prometeu há mais de um ano ler e ainda não "teve tempo" (se você tiver filhos em idade escolar, guarde apenas uma meia dúzia das mais coloridas para as inevitáveis "pesquisas");
* Aquele monte de sacolas de compras amassadas em um canto de armário.

Limpeza
“O passo seguinte é limpar o armário internamente com um pano umedecido em água para não manchar o móvel, preferencialmente forrando as gavetas e prateleiras com forros especiais com tratamento anti-mofo”, indica o pessoal do site Organize Sua Vida. Outra boa regra para não esquecer nenhum cantinho é começar de cima para baixo e da esquerda para a direita.

"Algumas gotas de cânfora diluída em álcool ou uma tampinha de amoníaco na água são excelentes para fazer uma faxina energética nos armários”, conta Adrianne. Use sempre um pano macio e bem limpo, enxagüando várias vezes e torcendo muito bem, para não umedecer demais a madeira.

Depois da limpeza, experimente colocar sachês com fragrâncias suaves em alguns cantos estratégicos. Dá um toque especial! Ou, se seus armários são pouco ventilados, coloque alguns saches ou produtos antimofo e umidade.

Fátima Leão, especialista em aromaterapia, indica o óleo essencial de Tea Tree para perfumar os sachês ou para pingar em pequenos pedaços de madeira porosa, colocados nos cantinhos dos armários. É um óleo essencial antifungos, antibactérias e antimofo. “Como seu odor é medicinal, é bom misturá-lo com óleo essencial de Cedro ou Pinho”, avisa Fátima. A proporção é a seguinte: 1/3 de Tea Tree para 2/3 de Pinho ou Cedro.

Organizando peças e cores
Outra dica do Organize Sua Vida é separar o que vai ser colocado nas gavetas. “Atribua gavetas específicas para as roupas miúdas, como peças íntimas, de praia e de ginástica, lenços, meias, shorts, gravatas, pijamas de verão, bermudas, camisetas e até mesmo cintos. Dentro de cada gaveta, separe as peças por cor ou tipo de uso (cotidiano ou ocasiões especiais)”.

Na hora de colocar as roupas em ordem, Adrianne Frattari sugere que você arrume as peças, tanto nos cabides quanto nas gavetas, utilizando uma seqüência de cores.

Ou pode usar uma técnica ainda mais sofisticada. Arrume as suas roupas acompanhando o mantra OM, uma tradição da espiritualidade hindu e que também é utilizado no budismo. São símbolos tanto visuais como sonoros, por isso, cada som corresponde uma cor:

OM - branco
MA - vermelho
NI - amarelo
PAD - verde
ME - azul
HUM - preto

Escolha bem os cabides
Muitos especialistas em organização são apaixonados pelos cabides de plástico. Além de mais baratos, a vantagem é que você pode usar o mesmo cabide para pendurar uma roupa para secar e guardar no armário. Mas mesmo que você escolha outros tipos de cabides, tente comprar uma boa quantidade deles. Pendurar roupas em cabides iguais cria uma sensação instantânea de ordem.

Existe no mercado uma grande variedade de utensílios que podem ajudar, como mini gaveteiros, colméias para roupa íntima e saquinhos para malhas, por exemplo. Se achar que esses acessórios podem ajudar você a manter o armário sempre em ordem, não hesite. Lembre-se de que é sempre melhor arrumar todos os dias apenas aquilo que ficou fora do lugar ou a roupa que você usou para trabalhar.

Cuidado com os sapatos
Para muita gente (especialmente mulheres), sapatos são objetos permanentes de desejo. Mas por mais que você adore os seus, nunca os deixe junto com suas roupas. "Os sapatos são a capa de proteção dos nossos pés e absorvem todas as impurezas e energias de solo por onde nós passamos", explica Adrianne.

Além disso, eles não são limpos com tanta freqüência, por isso não é indicado que fiquem tão próximos das roupas que você coloca junto ao seu corpo, em contato direto com sua pele.

“Organizá-los em caixas ou em embalagens plásticas ou arrumá-los naquelas sapateiras que são especiais para pendurar no cabideiro são soluções boas para quem tem pouco espaço. Mas o ideal mesmo é organizá-los em um móvel separado", conclui Adrianne.

Casa organizada, mente arrumada
Excesso de bagunça acaba sendo uma fonte de tensão. Para alguns, os armários são o símbolo da nossa mente e podem até ser muito reveladores sobre nosso jeito de raciocinar, pensar a vida, lidar com os problemas. Vale a pena, por conta disso, dedicar algum tempo para conservar seu armário com carinho.

FONTE AQUI

Nenhum comentário: