sábado, 11 de agosto de 2012

Sofisticação clássica...

Sofisticação clássica...o estilo de sempre que jamais saí de moda como bem define a matéria abaixo que encontrei no Site ::..

Início


Marcada por linhas elegantes e ricas, a decoração clássica tem as suas origens na arquitectura grega e romana, onde a opulência e o requinte são os traços mais visíveis e mais apreciados.
  • Requer espaços amplos e altos para poder receber mobiliário e peças decorativas igualmente vistosas, sendo estas o coração do estilo clássico.
  • A própria arquitectura do espaço é fundamental, com tectos, rodapés e paredes trabalhadas, ostentando ornamentações sublimes.
  • Um dos elementos base do estilo tradicional é a mobília em cerejeira, mogno, palissandro ou nogueira, entre outras, mas sempre em tonalidades escuras e dramáticas. A mármore é também ela uma matéria-prima de eleição, nomeadamente nas cozinhas e casas de banho.
  • No estilo clássico, todo o mobiliário é antigo ou então assemelha-se a exemplares de outros tempos, tendo sido reproduzidos precisamente com esse objectivo. Para além de serem imponentes em tamanho, estas peças destacam-se ainda pela riqueza dos seus ornamentos e trabalhados vários.
  • É comum a presença de camas com quatro colunas, embelezadas ou não com um dossel pomposo ou mosquiteiros esvoaçantes – confere um toque de dramatismo, que é próprio deste tipo de decoração.
  • O estilo tradicional é ainda dominado por cadeiras e poltronas elegantes e graciosas, muitas vezes ornamentadas e estofadas, para não fugir do ambiente dramático para o qual são pensadas. Igualmente intemporal é o uso de mesas de apoio – e não só – com pés arredondados e, claro, trabalhadas ostensivamente.
  • As cozinhas clássicas são muitas vezes decoradas a branco total ou então em madeira. As casas de banho são vistas como verdadeiros espaços sociais, onde não falta nada – desde cadeiras ornamentadas, a apliques e até papel de parede.
  • A paleta de cores é composta essencialmente por preto, bordeaux, azul-marinho e verde-esmeralda, que podem e devem ser combinadas com elementos dourados, prateados, cor de ferrugem e cor-de-rosa bebé.
  • Para uma sofisticação mais clean, o estilo clássico funciona igualmente bem com branco, creme, cru, bege e diferentes tonalidades de castanho.
  • Os padrões também são parte integrante do estilo clássico, mas são utilizados esporádica e subtilmente para não confundir com o estilo rústico ou cottage. Tradicionalmente, nesta decoração utiliza-se mais os floridos, os adamascados e as riscas.
  • As texturas e os tecidos devem, acima de tudo, complementar-se, sendo relegado para segundo plano, o facto de combinarem ou não na perfeição.
  • Os cortinados longos e dramáticos, em seda, brocado ou veludo, lisos ou com riscas, sempre dentro da palete de cores tradicional, são outra peça chave deste estilo. A decoração de janelas também passa pelo uso de sanefas, com braçadeiras e, muitas vezes, com uma cortina mais pesada a ladear uma outra, mais leve.
  • Os tapetes também têm um destaque especial dentro deste estilo decorativo, sendo sempre espessos e convidativos, muitas vezes cobertos de padrões clássicos e várias cores.
  • Se não estiverem forradas com um papel de parede luxuoso e padronizado, as paredes clássicas requerem obras de arte antigas, onde dominam os estilos retrato ou vida morta, em tela ou impressa em litografia. Também é habitual ver bonitas tapeçarias a adornar, com pompa e circunstância, as paredes.
Em termos de peças decorativas, o destaque vai, sem dúvida, para cristais, porcelanas, prata, latão, candelabros, bustos, livros, espelhos e molduras ornamentadas, lustres, arranjos florais, candeeiros de parede e com abat-jours em seda… Muitas vezes, os mesmos objectos são utilizados em duplicado para conseguir uma simetria harmoniosa e o toque de requinte que é a decoração tradicionalmente clássica.

Algumas ideias e inspirações do Estilo Clássico....




disposição

Tradicionais / Duas áreas de Estar

back to back sofás

sala de jantar / cores

Gustaviano Gavetas Estilo.  misturar

prazer pelo desenho

Sala de Estar.  Macio Verde e Branco, hum Quadro-teto.

bem feito


Paleta Natural e texturas in UM POR Quarto Phillip Mitchell.

deslizamentos de Seleção vermelha @ Tessa




Pense nisso...



Miosotis

De tudo o que se faz na vida, ficam três coisas:
a certeza de que estamos sempre começando; a certeza de que é preciso continuar; a certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar.
Façamos da interrupção um caminho novo, da queda um passo de dança, do medo uma escola, do sonho uma ponte, da procura um encontro.

(Fernando Sabino)





Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança!  





Um comentário:

Elisabete disse...

Olá! O clássico nunca passa de moda! Então Rô, a casa continua de pantanas! Vai ver que vai valer a pena quando vir o resultado final. Hoje, postei um dedal de S. Paulo. Um beijo cheio de amizade.