sábado, 12 de maio de 2012

Feliz dia das mães





Ser Mãe


por Naamã Mendes - Igreja Presbiterana Cristo Rei
"E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, Maria, mulher de Cléopas, e Maria Madalena" (João 19.25) 
Até onde uma mãe pode ir por amor ao filho? Maria foi até a cruz. Este fato narrado pelos evangelistas propõe-nos as seguintes neste dia das mães:

Ser mãe é guardar no coração tudo que poderia destruir o filho . Cada filho é único, a mãe, melhor que o pai percebe isso. Cada filho possui uma  reação , um jeito, uma vocação. Cada filho trilha o seu caminho. Maria teve aprender isto com seu filho Jesus. Os evangelhos nos contam que à medida que o caminho de Jesus ia sendo revelado, Maria ia guardando todas essas coisas em seu coração. Ah! quanta coisa cabe no coração de uma mãe! Quanto há para ser guardado no coração! Cada gesto do filho, cada palavra, cada reação que ele provoca. Só Deus sabe quanta coisa uma mãe guarda em seu coração.

Ser mãe é não querer controlar o filho mas entregar o caminho de de cada filho a Deus. Maria deve ter desejado poupar seu filho de todo aquele sofrimento,assim são as mães.  Como deve ter desejado que seu filho não tivesse de caminhar rumo ao Calvário. Entretanto, com ela, mães aprendem que o caminho de seus filhos não deve estar em suas mãos, mas nas mãos de Deus. Os filhos são a herança concedida por Deus aos pais. Estão sob os nossos cuidados, mas pertencem a Deus!

Ser mãe é ir até onde ninguém iria por amor ao filho.As mulheres nem eram ouvidas ,nem contadas naquela época. Os inimigos de Jesus o colocavam sobre a cruz. Todos que de certa forma seguiam Jesus estavam sobre ameaça . As mulheres mais ainda corriam riscos de serem mortas , apedrejadas, entretanto Maria e outras mulheres seguiram Jesus até o calvário. Ninguém, entre os discípulos foram, mas sua mãe e outras mulheres foram.  

Maria, aos pés da cruz comprende a profecia que ouvira de Simeão  mais de trinta anos antes... uma espada traspassará a tua alma (Lc 2.35)! Ali, diante da cruz, estava ela com a alma traspassada pela dor de assistir ao sofrimento do próprio filho. Mas de forma providencial, Maria mostra-nos que o lugar de toda mãe que ama o filho e sofre pelo filho é ao pé da cruz, porque  na cruz o filho lembra  da sua mãe em seu último olhar (Jo 19.27). 

Todas as  mães  podem ir ao pé da cruz de Jesus e pedirem pelos seus filhos, pois Jesus foi filho e sabe o que é o sofrimento e a preocupação de uma mãe! Maria, ao pé da cruz, lembra-nos que as mães serão ouvidas quando se colocarem, em oração, diante daquele que esteve na cruz, pois Jesus foi filho e sabe tudo que uma mãe carrega em seu coração!
fonte aqui
Feliz dia das mães a todas as mamães que me acompanham. Que deus as abençoe sempre e sempre!
Rosane!





Beijos meus cheios de
 luz, paz, fé, amor e esperança!







2 comentários:

Nana Pinho disse...

Feliz dia das mães querida, fé foco e força!

Elisabete disse...

É um dia especial!!! Em Portugal, festeja-se no 1º domingo de maio, portanto já foi. Um beijo enorme.