sexta-feira, 11 de novembro de 2011

"Guirlandinhas e enfeites"

Guirlandinhas para o Natal, mas bem fáceis de fazer...

Renew a wreath


Christmas wreath


Pinecone Star Wreath

Jingle Bell Wreath

cranberry wreath

Paper snowflake wreath

Enfeites para árvore, guirlandas...tudo em feltro...

Felt Ornamento Árvore de recorteFelt Pinecone do ornamento do Natal


Teardrop sentiu fazer ornamento do Natal
Enfeites de Árvore de Natal nd Cadeira
Felt Poinsettia do ornamento do Natal


Appliqued Coração do ornamento do Natal


Ornamento cardealÁrvore de Natal e enfeite


Ornamentos Mini mitten

Felt Ornamentos de RecorteMini skate Ornamentos de Gelo




Enfeite de feltro vermelho adornado com Alfinetes e Fitas




Pense nisso...






"Queixas-te de necessidade e desencanto, fadiga e discórdia, abandono e solidão..."




SE DESEJAS
(Francisco Cândido Xavier)
Reunião pública de 23/11/59
Questão nº 843
Toda melhora parece distante.
Toda superação surge como sendo quase impossível. Pediste, porém, o berço terrestre, no exato lugar em que te cabe aprender e reaprender.
Não olvides, por isso, que o domínio da lição não dispensa a vontade.
Recebeste no lar muitos daqueles que te não alimentam a simpatia.
No entanto, se desejas, podes transformar toda aversão em amor, desde que te decidas a ajudá-los com paciência.
Sofres o chefe insano, a crivar-te de inúmeros dissabores.
Contudo, se desejas, podes convertê-lo em amigo, desde que te disponhas a auxiliá-lo sem pretensão.
Padeces dura condição social, renteando o infortúnio.
Todavia, se desejas, podes transfigurar a subalternidade em elevação, desde que te eduques, para que a vida te use em plano mais alto.
Trazes o órgão enfermo, a cercar-te de inibições. Entretanto, se desejas, podes aproveitá-lo, na própria sublimação, em nível superior.
Ainda hoje, é possível encontres sombras enormes...
O obstáculo dos que te não compreendem, a palavra dos que te insultam, o apontamento insensato ou as lágrimas que a prova redentora talvez te venha pedir.
Mas podes usar o silêncio e a oração, clareando o caminho...
Declaras-te sem trabalho, amargando posição desprezível, mas, se desejas, podes ainda agora começar humilde tarefa, conquistando respeito e cooperação.
Acusam-te de erros graves, criando-te impedimentos, mas, se desejas, podes tomar, em bases de humildade e serviço, a atitude necessária à justa renovação.
Sentes-te dominado por esse ou aquele hábito vicioso, que te exila no desapreço, mas, se desejas, podes reaver o próprio equilíbrio, empenhando energia e tempo no suor do trabalho digno.
Afirmas-te na impossibilidade de socorrer os necessitados, mas, se desejas, podes efetuar pequeninos sacrifícios domésticos em favor dos outros, de modo a que tua vida seja uma bênção na vida de teus irmãos.
Para isso, porém, é preciso não esquecer os recursos singelos que tanta gente deixa ao olvido...
O minuto de tolerância.
O esquecimento de toda injúria.
O concurso anônimo.
A bondade que ninguém pede.
O contacto do livro nobre.
A enxada obediente.
A panela esquecida.
O tanque de lavar.
A agulha simples.
A flor da amizade.
O resto de pão.
Queixas-te de necessidade e desencanto, fadiga e discórdia, abandono e solidão, mas, se realmente desejas, tudo pode mudar...

recebo por e-mail

Beijos meus cheios de 
luz, paz, amor, fé e esperança!




4 comentários:

Maria Luiza disse...

Rô, o Natal me deixa aluciinada com enfeites e no final minha casa fica parecendo uma loja e eu não resisto. Amei a estrela com pinhas. Gostaria de fazer. Tudo está maravbilhoso aqui. Dá gostoo ficar olhando. Beijão! Ótimo feriado!

Van e Chris disse...

Ai meu Deus... já é quase Natal e ainda não fizemos nada! Esses enfeies de feltro estão lindos! Será que ainda dá tempo???
:)

Elisabete disse...

Muito bonitos! Um grande beijo

Anônimo disse...

ro nao te conheco e vi os artesanatos no google imagens ... e acabei lendo a poesia q esta ai na pagina .. no final eu ate me arrepiei ... muito obrigada pela mensagem de animo feliz natal e parabens