quinta-feira, 3 de novembro de 2011

"Buenos Aires a pé (minha viajem)"

Essa foto foi tirada na  frente do campo do Boca Junior (lindo, mas confesso, gostei mais do campo do River Plate)


Com certeza ainda estou me recuperando da viajem.  Nunca andei tanto em minha vida.  A não ser quando muito que de vez em quando faço caminhadas com o grupo ao qual meu marido faz parte.
Quando marido me disse que tinha alugado em carro, eu logo pensei..."Como assim, ele disse que fariamos Buenos aires a pé e de Coletivo???"...euzinha aqui claro, lógico é óbvio entendi tudo errado. Muito informação para essa cabecinha lesa que eu tenho. O carro era só nos transportar do aeroporto ao apartamento e do apartamento ao aeroporto...hhhhheeeeer!!!
Em fim, chegamos em  Buenos Aires no horário, pontualmente às 14,30min, horário local. O rapaz do carro (aquele que eu já falei acima) já estava nos aguardando. Já no aeroporto fiquei encantada com a educação dos argentinos, super gentis e carinhosos para conosco. Em toda nossa estadia em terras de los hermanos, não tivemos uma informação que não nos deixassem na mão. Eles apesar de falaram rapinho, dava para entender bem, nos davam as informações corretas e nos ensinavam tudo.
Já devidamente instalados no apartamento que alugamos, fizemos nossa primeira refeição do dia e brindamos nossa chegada como bons brasileiros com uma deliciosa cervejinha.
Essa imagem não é minha, pois tanto das empanadas, ao sorvete e o pão de miga, esqueci de fotografar.
Imagem aqui


Comemos pela primeira vez as deliciosas empanadas de queijo com presunto, de carne picadinha, de verduras...e muito mais, que marido e eu adoramos e comíamos todos os dias no café da manhã com pão de miga.... 
Gente isso é mais que bom é bom por demais. Nada mais é que um pão de forma maior cortado muito fino, aerado,bem mais leve, como se fosse apenas o miolo do pão prensado e sem casca.  Os sanduíches de miga são montados em camadas triplas com dois ou mais recheios e podem ser tostados. Nós comíamos ao natural mesmo...delícia!!!
 A gastronomia dos Argentinos é maravilhosa. MArido como é um autentico e confesso carnívoro, se matou em comer 


o bife de chouriço com batatas fritas ( não acompanha arroz e nem peçam, definitivamente eles não sabem fazer arroz) ou a 
parrilha, que vem assim nessa chapa ou uma caixa de ferro com uma gavetinha com brasas dentro, onde a carne continua quentinha até o final. Eu só não gostei da linguiça de sangue como eles dizem por lá, que para mim é o chouriço.




e  de sobremesa o que mais comemos foram esses pasteis ou PASTELITOS,que  são fritos em azeite bem quente para uqe a massa fique assim , bem folhada, com um doce dentro de  membrillo ou marmelada, ou doce de marmelo.




À noite em Buenos Aires não, não fomos ao Senhor Tango o mais famoso de todos e 


muito menos ao Casino. essa foto minha foi tirada na entrada de um restaurante. 
Acordávamos muito cedo e partíamos para o nosso turismo a pé ou nos dois primeiros dias 






de ônibus turístico no qual coloca-se um fone de ouvido, aperta um butãozinho com seu idioma e pronto, você entende tudinho. Há 10 idiomas para ser escolhido por você, sensacional!!!
Descemos várias vezes do ônibus e depois retornávamos. compramos as passagens pela internet, foi de grande valia para nós, pois conhecemos vários lugares.
Nos demais dias ou andávamos a pé ou tomávamos um coletivo e pagávamos $1,25 pesos por pessoa. E assim conhecemos tudo ou quase tudo. 
 Fomos aos dois maiores campos de futebol o do boca
 que nessa imagem mostro o camarote especial de Maradona, só usado por ele e sua família e alguns convidados, fica exatamente ao meio, para nada perder...
e o do river lindo demais aos meus olhos.


 Em quase todas as imensas avenidas da quais andávamos a que mais me impressionou foi a Nove de Julho considerada a maior do mundo. Dava até medo quando abria o sinal de pedestres, eu dizia ao marido "AÍ MEU DEUS DO CÉU, NÃO VAI DAR TEMPO"...




Apreciamos e curtimos muito um bom e marvilhoso tango na praça de San Telmo










Onde pude me deliciar com suas obras de arte preciosas e suas lojas e mais lojas de antiguidades. Nessa foto eu perguntava a encantadora vendedora quanto custava um de dedal em prata francês. Só a incrível quantia de $1.250,00 ou mais ou menos Cr$ 600,00 reais. Por esse dedal dá pra imaginar o precinho das coisinhas que eu com toda certeza gostaria de ter comprado.
Mesmo assim comprei várias coisinhas que em outro post vou mostrar. 
Não, não compramos quase nada do que se costuma comprar ou trazer de lá. A nossa proposta não foi de irmos viajar para comprar e comprar. Fomos passear, conhecer, aprender e o que é melhor guardar em nossas lembranças tudo o que há de melhor em Buenos Aires. Uma cidade limpa, grande onde cheira-se cultura. Com seus prédios centenários transformado em  Shoppings como 






a Galeria Pacífico com suas pinturas feitas à mão em sua abóboda, lindo e deslumbrante.




Seus cafés chiquérrimos




Seus prédios em estilo inglês...




Seus inúmeros monumentos e obras de arte  por toda a cidade, praças, ruas e avenidas...






Suas incontáveis livrarias como El Ateneo  a maior de todas tanto na beleza como em número de livros...














Suas ricas igrejas, decoradas em ouro e prata e muitas obras a maioria em mosaicos, incrivelmente delicado.








Aqui alguns quadros na parede em mosaico ou com seus 




azulejos sobre as paredes e nas vias sacras.
Ouro muito ouro.




Suas marquises lindas e limpas com 


lustres antuguissimos e preciosos, pois nenhum deles estão quebrados ou muito menos depredados.




O amor que eles tem com os animais principalmente pelos cães...




























pelas flores, nas praças com frondosas árvores e flores que eu não conhecia. Pelo amor à musica e pelo carinho da conservação de prédios históricos.


Bom pessoas que eu amo, aí está minha viajem a- à Buenos Aires a pé.
Dizer que eu gostei não eu amei e me apaixonei e tenho certeza de que muitos mais vezes voltarei.




Quero agradecer a todas que me visitaram nesses dias que fora estive muito obrigada de coração.






Beijos meus cheios de,
luz, paz, amor, fé e esperança!






5 comentários:

Luciana Gomes disse...

Olá, querida! Adorei o seu cantinho... muito lindo... As fotos ficaram demais... Parabéns! Já to seguindo!
Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades e participar do meu 1º sorteio (1 brinde surpresa By LuciArte + DVDs) . Passa lá pra dar uma força, ta bom? Agradeço muito! O espaço p divulgação dos blogs das amigas está aberto, caso queira, é so me avisar!
Bjinhos!!

http://voudeblog.blogspot.com/2011/10/1-sorteio-vou-de-blog.html

L100 PopRock disse...

Olá!
Passando p conhecer o seu espaço e divulgar o nosso blog/ nosso som. Já estamos te seguindo!
Somos a Banda L 100 PopRock!
Grande abraço.


http://l100poprock.blogspot.com/

Rosana Remor disse...

QUERIDA RÔ!!QUE BELA VIAGEM VC FEZ!! E SOUBE APRECIAR COMO POUCOS ESTA BELA CIDADE, QUE UM DIA JÁ FOI CONSIDERA A PARIS DO CONTINENTE AMERICANO!EU AINDA NÃO CONHEÇO, MAS ADORARIA PASSEAR POR AÍ E APRENDER TANTO SOBRE A SUA HISTÓRIA!SAUDADES DAQUI!!MIL BEIJOS!!

Lucinha disse...

Rô,

Que imagens lindas você nos trouxe.
Eu não conheço B.Aires, mas minha filha esteve lá esse ano e amou também.
Caminhar é bom demais. Seu esposo estava lhe preparando naquelas caminhadas para essa viagem. Rs
A beleza do lugar e suas descrição me fez ter ainda mais vontade de conhecer.
Rô, acho aqui também não adianta pedir arroz e feijão.kkkkk Arroz podemos encontrar nos restaurantes chineses e japoneses, mas nos demais, fica complicado. É legal experimentarmos outras culinárias também.
A beleza da Igreja é exuberante.
Obrigada por partilhar tão linda viagem.
Beijos

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oii, primeira visitinha por aqui o/
Adorei seu blog! Muito fofo...
Estarei comentando seus post!
E seguindo, me segue também!
Território das garotas
@territoriodcl
Bjss *-*
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/